atuação

Em sua atuação o Laboratório de Convivência apresenta conteúdos que convidam à reflexão sobre os diferentes tipos de convivência e à transformação e mudança de paradigmas.

Compartilha formas de criar ambientes que tratem dos desafios relacionais e oferece um repertório de ações para lidar com o conflito – aproveitando a potência criativa que está na sua essência. 

Pensa e constrói maneiras de como lidar com a diversidade sem silenciamentos e desqualificações.

Investiga coletivamente as possibilidades de transformar conflitos e violências em matéria prima para construir relações verdadeiras e saudáveis.

Consultoria

A consultoria acontece através de diálogos individuais e coletivos.

Investiga-se a realidade, mapeando as dinâmicas de convivência. 

Elabora-se um projeto que traga respostas às lacunas identificadas, respeitando as iniciativas em curso e que, através de metodologias adequadas, produza mudanças nas dinâmicas de convivência.

 Implementa-se a proposta.

Projetos

Mudanças de paradigmas se fazem gradativamente e com ações planejadas a partir de métodos. 

Os projetos são desenvolvidos em parcerias com interlocutores locais, possibilitando que as ações se realizem em uma perspectiva sustentável e, principalmente, que envolva as pessoas no convite de assumirem seu protagonismo na construção e na gestão de convivências mais justas, dialógicas e humanizadas.

Palestras

As palestras são espaços de compartilhamentos de ideias e experiências. 

Espaços que convidam pessoas a se conectarem com inovações e a se inspirarem, ampliando sua forma “de ler e ver o mundo”.

Assessoria

Assessoria a pessoas, empresas e instituições de diferentes segmentos na implementação de ações que tratam da gestão de pessoas, das relações e da convivência.

Cursos e Formações

Justiça Restaurativa

Justiça como um valor humano

 Introdução à Justiça Restaurativa
 
Orientação à Prática
 
Aprofundamento: Diálogos e reflexões sobre Justiça Restaurativa
 
Formação de Formadores

Convivência

Encontros e atividades para pensar e praticar formas de convivência justas, equilibradas e saudáveis

Construção de relações responsáveis e dialógicas embasadas no pertencimento, autonomia e competência do ser humano, transformando na prática, a cultura de convivência.

A partir da matéria prima que a convivência apresenta, com criatividade e inventividade, criar outras possibilidades de conexão, presença, corresponsabilidade e sentido para conviver.

Ampliar a percepção e a concepção dos modos de convivência, tendo as narrativas pessoais como ponto de partida para construção de relações interpessoais, institucionais e sociais. 

A partir de concepções históricas e filosóficas acerca dos pensamentos sobre sujeito, identidade, persona e outras ideias, refletir sobre o ser humano e sua subjetividade.

Preparar, planejar e sonhar as mudanças que se deseja para a convivência, com pessoas interessadas em escutar e falar para que as relações sejam mais saudáveis, verdadeiras e que possam transformar a si, ao outro e ao espaço onde as relações acontecem… ou seja, em todo lugar.

Processos Circulares

Círculos de Construção de Paz

Espaço protegido de diálogo para que as pessoas se sintam ouvidas, respeitadas, não julgadas e tenham a oportunidade de expressarem seus sentimentos e necessidades; em momentos de conversa, celebração, resolução de conflitos e violências, consenso, pertencimento ou reintegração, apoio, compreensão comunitária, compartilhamento de aprendizagens, convivência.

Laboratório de Convivência - WhatsApp
Enviar!